Telexfree e a injustiça brasileira

count_of_monte_cristo_010No livro “O Conde de Monte Cristo”, de Alexandre Dumas, quando Edmond Dante foi preso no castelo de Château D´If, ele disse pro diretor da prisão: “eu sou inocente. Sei que o senhor já ouviu isso milhões de vezes, mas eu sou inocente”. Prontamente o diretor respondeu: “eu sei, por isso foi trazido pra cá. Se fosse culpado estaria em qualquer outra prisão da França”.

Acho que é isso que acontece com o caso Telexfree. Eles sabem que a empresa é inocente e justamente por isso não querem liberá-la. É triste, mas eles vão protelar ao máximo esse caso, até que os divulgadores que não podem esperar a grana presa pela justiça revoltem-se contra ela e processem a Telexfree para ter seu dinheiro de volta. Foi a maior vagabundagem jurídica que eu já vi. Afirmam ter várias provas que a empresa é pirâmide e solicitam a “inversão do ônus da prova”. Mandaram o processo lá pro Acre, porque se fosse em São Paulo ou Rio, as carreatas de divulgadores seriam gigantescas. E lá no Acre, com o acesso difícil, essas carreatas ficaram difíceis. Agora o julgamento irá à Brasília, sabe Deus quando teremos uma resposta.

Não perdi dinheiro com a Telexfree, pelo contrário. Mesmo sem fazer rede dobrei o meu investimento. Fico triste pelas pessoas que passaram a depender exclusivamente do dinheiro dos anúncios e de suas redes. Famílias que perderam o seu sustento pelo simples fato de uma juíza achar que existem indícios de que as atividades da empresa sejam ilegais. Mesmo indo de encontro aos interesses de mais de 1 milhão de pessoas que pedem a volta da empresa e de suas atividades.

Na minha opinião a Telexfree não volta. Não que ela seja culpada, mas justamente pelo contrário. Por ser lícita e pela Justiça de um estado ter prejudicado tanto a empresa quanto seus divulgadores, eles não irão liberar a empresa tão cedo. Admitir esse erro traria um prejuízo financeiro e moral absurdo aos cofres do Acre.

No portal IG, qualquer informação sobre a empresa vem depois da chamada “Pirâmides:”. Ou seja, não precisa de julgamento para se jogar no lixo o nome de uma empresa, aqui no Brasil.

Continuarei torcendo pela volta da Telexfree. Mas creio que será como torcer pro Santos vencer o Barcelona com o juiz roubando a favor do time catalão.

Agradeço a Telexfree por me apresentar o Marketing Multi Nível. E fico indignado com a justiça brasileira.

Espero que assim como Edmond Dante, possamos ter a nossa vingança contra aqueles que tanto nos prejudicaram e jogaram nossa empresa em Château D’If. E se Deus está conosco, como tanto afirma Carlos Costa, teremos sim a Justiça… mas não creio que seja ainda em 2013…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s