Parabéns, Salvador. 462 anos de muita vida!

Em 2001 encontrei um amigo, músico, no Aeroporto Antonio Carlos Jobim. Era Jarbas Bittencourt, na época, integrante da banda Confraria da Bazófia. Conversamos sobre o Rio de Janeiro,  o 11 de setembro (fato recém ocorrido), música, carnaval e Bahia. Ao chegarmos no Aeroporto Internacional 2 de Julho, na nossa capital, cantei uma frase da música da Timbalada que sempre canto ao pousar aqui. “Minha cidade é linda demais”! Jarbas me olhou sorrindo e disse: rapaz, toda vez que chego a Salvador, penso nessa música também.

É incrível o amor dos soteropolitanos por essa Terra. Uma cidade abençoada, não só por Deus, mas por todos os Orixás, também. Com problemas de ordem política, social, administrativa, infra-estrutura, urbanização, violência, entre outros. Mas que não trocamos por nenhuma outra, afinal, problemas esses mesmos problemas existem em qualquer outra grande cidade brasileira.

Certa vez critiquei a mediocridade do nosso prefeito. Chegava de São Paulo, onde a realidade é outra e lia nos principais jornais da minha Salvador, que o prefeito estava fazendo uma Cruzada contra os “mijões” das ruas. Patético, até porque foi ele mesmo quem retirou a maioria dos sanitários químicos espalhados pela cidade. Mas a culpa é dele, do prefeito, e não da minha Salvador. Não é justo culpar a mãe pela incompetência de um dos filhos…

Salvador completa 462 anos e continua jovem e linda. Ainda sem metrô, um caso de vergonha nacional, mas bem melhor que antes. A cidade cresce em ritmo acelerado desde a morte do “carlismos” há quase uma década. Na era João Henrique  a cidade ganhou três novos grandes shoppings, inúmeros novos condomínios, um PDDU às escuras,  cresceu para todos os lados e em breve, com o crescimento atual, deveremos chegar nas pedagiadas estradas rumo à Camaçari. Pedagiadas, quem diria que o governo do partido que criticava a privatização das estradas paulistas, iria privatizar às nossas…

Mas hoje é dia de festa, nesta terra festeira, de gente bonita, que dá nó em pingo d’ água, que agita, que agita… Parabéns, São Salvador. Bahia de São Salvador, a terra de Nosso Senhor, pedaço de terra que é meu! Uma das cidades mais desigual do mundo e ainda assim, amada pelos seus filhos e venerada pelos filhos das outras. Parabéns, Salvador. Primeira capital do país. Um país que nasceu aqui na Bahia, baiano como eu e lindo como a minha São Salvador.

Como presente segue um clipe feito por mim nas aulas de edição do curso.

Música:Dorival Caimmy
Interpretação: Gal Costa
Edição: Erick Cerqueira 🙂


Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s