Bahia Subiu. Cuide-se Tom…

Depois de sete anos de aflição, finalmente a torcida do Bahia pode gritar: O Tricolor voltou!
Mas diante de tanta euforia pela subida do Tricolor de Aço, obviamente 15,7% da população baiana está triste. São os torcedores do arqui-inimigo, rubro-negro, o qual me reservo o direito de não citar o nome.
A fase do outro lado é ruim. Ameaçado de rebaixamento e ainda vendo a ascensão do rival, os rubro-negros baianos estão de cabeça quente. Porém nenhum outro torcedor está mais triste com o time do Xalaialaiá do que um amigo nosso. Sua tristeza está um Tom acima dos outros.
Convicto do fracasso tricolor em 2010, o pobre rapaz apostou o seu bem mais precioso. E perdeu. Apostou que o bi-campeão brasileiro não ficaria entre os “dez mais” da segundona. Depois, certo do erro cometido, disse que o Bahia estaria fora dos quatro primeiros. Perdeu de novo. Porém como ele só tem um bem precioso, o apostador terá de se contentar com um só prêmio.
Mas a dúvida que paira no ar, é uma só. Ante a tantas incertezas sobre o final do campeonato, será que o nosso amigo não queria mesmo era perder a aposta? Será que tudo não passou de uma articulação para ele poder se mostrar como ele realmente é? Bem, o certo é que vivemos em um país livre e ninguém deve procurar se meter na vida do outro. Em tempos de Paul McCartney no Brasil, seria o Live and Let Die, traduzindo livremente: “cuida de sua vida, miséra”.

Por isso, aconselho ao meu amigo:
• Cuidado com o que aposta.
• Curtir com os outros, antes da hora, pode não ser uma boa idéia.
• Custou para ele entender isso. E vai custar ainda mais.
• Curiosamente acho que nosso amigo queria perder mesmo a aposta.
• Currículo para isso, ele não tem. Mas quando será que nasce o desejo de sair do armário?
• Culturalmente se desperta na infância. Não seria o caso… Alguns países condenam o ato.
• Cuba perseguia os homossexuais. Porém isso era no início do regime comunista.
• Cursando caminhos como esses, meu amigo, todo irão desconfiar. Mas fica o conselho.
• Curve-se então ao peso da sua teimosia e
• Curta o seu momento. Essa é sua hora.

Obviamente não direi o objeto da aposta. Poderia ser um cuscuz, um quadro cubista, cubos de gelo, cursinhos, cuecas, cueiros, livros de culinária… Mas em nome de nossa amizade, não citarei. Afinal, não é de bom Tom, Curtir com as dores do outro.
Mesmo assim, Bora Baêa Minha Porra e solto o som DJ. “Libera o Toim que eu te dou 10 conto, Libera o Toim que eu te dou 10 conto…”

Cuide-se meu amigo.
Abraços,
Erick Cerqueira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s