Muda do Mundo Mudado

Esse texto publicado no Oxente Jornal em 2007 e achei interessante observar que ele parece atual. Será que as mudanças deram uma estagnada?

—————————————————————————————————————————–

cerebroO raciocínio digital já é uma realidade. Milhões de pessoas em todo o mundo deixaram para trás antigos modos de pensar e viver. Entre outras inovações, passaram a usar uma nova tecnologia de raciocinar como uma extensão da máquina. É o raciocínio em links.

Hoje, o mundo sem internet é inconcebível. A falta de energia elétrica torna-se um dos maiores suplícios da humanidade. Como viver sem computadores, sem MSN, sem Orkut, sem DVD? Ou mesmo sem celular, I-pods, MP3? É incrível, mas devo confessar. Sou do tempo em que nada disso existia e pasmem, vivia-se. Ao chegar em casa perguntava aos meus pais: “alguém ligou pra mim?”. Esse jurássico questionamento era necessário, pois não havia como ser localizado na rua.
As bibliotecas eram os grandes meios de aquisição de conhecimento. A televisão era a principal mídia do país e seu horário nobre era respeitado por uma enorme parte da população. Todo mundo assistia o Jornal Nacional e determinava seus encontros dizendo “te vejo depois da novela”. Os produtos, em sua grande maioria, não tinham concorrência. As marcas prototípicas – àquelas que representam um segmento – reinavam absolutas. Bombril, só da Bombril, Gillete, só da Gillete e assim por diante.

Mas acredito na forma de aquisição de conhecimento, como o grande divisor de águas. Antes as dúvidas eram resolvidas com dicionários ou gigantescas enciclopédias. A Barsa era vendida de porta-em-porta e não nos dávamos conta da sua importância. Milhares de tópicos com imagens coloridas, mapas, atlas do corpo humano, etc. Lembro de haver lido nela, vários assuntos interessantes que me levaram a biblioteca pública para pesquisar mais informações sobre eles. Hoje, essa ida a biblioteca está quase extinta. Aprendemos a raciocinar em links. A internet nos fornece o mesmo assunto dos livros de forma bem mais rápida, com diferentes abordagens e, o principal, textos em proporções diferentes. Em poucos segundos, encontramos a informação desejada e usamos o famoso “controlcê, controlvê”. Abrimos as páginas “linkadas” e o conhecimento adicional aparece em nossa frente na mesma hora. Pra que Biblioteca? Os grandes clássicos da literatura podem ser copiados em e-books. O download é feito de forma gratuita e rápida. Programas piratas navegam livremente nas ondas da web. Os trabalhos de faculdade são comprados em sites especializados. Filmes “genéricos” são exibidos nas casas, antes mesmo de chegarem aos cinemas. Comunidades do Orkut ensinam desde receitas de bolos à fabricação de bombas caseiras. Celulares substituem os relógios cheios de funções dos anos 80. Tudo para atender as novas necessidades humanas. Mas quem determina essas necessidades? Deixa pra lá, o importante é ver como o mundo está mudado. As fronteiras não mais existem e o tempo é só um detalhe. Assistimos em “real time” os desastres do outro lado do mundo. Choramos as vítimas do Tsuname, enquanto fechamos a janela do carro para o pedinte malabarista do sinal vermelho. Fazemos contatos com os amigos pelo computador ou celular e marcamos encontros para “um dia desses”. E esses dias nunca chegam.

É, são as mudas do mundo mudado. Ainda nem cheguei aos trinta e falo  como um velho saudosista. Como tudo mudou tão rápido assim? Infelizmente não sei. Estava ocupado demais vendo meus e-mails e nem me dei conta disso…

Erick Cerqueira

Anúncios

1 comentário

  1. Oi Erick!!!

    Gostei dessa!! realmente hoje o que não falta é gente inteiramente dependente de tecnologia… pessoas que não respiram sem ela… rsrs confesso que sinto falta dos livros…. e particulamente prefiro anotar do que digitar…rsrs
    Abraço!

    Liu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s