Meu vizinho mal educado ouviu Norah Jones

norahjones1Em pleno século XXI algumas pessoas parecem ter parado no tempo. Apesar de serem apaixonados por tecnologia, estarem “online” na net, acessarem seus “orkuts” e “msns”, essas mesmas pessoas ainda possuem hábitos do século passado. A falta de educação e respeito ao próximo são alguns deles.

Esses são os famosos vizinhos mal-educados. Quem nunca teve um?

O primeiro passo para identificar se essa criatura divide com você o mesmo habitat natural é pelo grunhido. Um detalhe interessante sobre os vizinhos mal educados é o volume de seus rádios. É como se eles quisessem compensar a péssima qualidade musical com a altura do seu microsystem. Normalmente apresentam um aparelho de som de grande potência. As músicas (se é que podemos chamar aquilo de músicas) comumente tocadas possuem cavaquinhos irritantes, cantores que gritam ou desafinam, versões de músicas internacionais dignas de crimes inafiançáveis, letras sobre traição e homens largados, além é claro, dos infindáveis trocadilhos com teor sexuais, tão infantis quanto ridículos.

Porém, nessa manhã, algo inusitado aconteceu. Era sábado, estava só na minha cama às 09 da madrugada, quando de repente uma melodia maravilhosa entrou pelas frestas da minha janela. Pensei rápido: morri e cheguei no céu enquanto dormia. Mas graças a Deus não eram os anjos cantando. Era Norah Jones. Aquela voz linda e triste invadindo minha casa sem autorização. Pensei estar sonhando, mas era verdade.

Meu vizinho estava ouvindo Norah Jones.

Aquilo foi um marco na minha vida. Notei que existe forma de vida inteligente fora dos muros de minha casa. A verdade, Agente Molder, realmente pode estar lá fora. Levantei feliz com a constatação. Para evitar qualquer dúvida sobre a hipótese dele ter errado de CD, meu vizinho repetiu a música mais duas vezes. Foi o ápice. Infelizmente ele só tinha aquela música dela, mas já era um começo. Extasiado liguei para minha mãe. Na casa dela, na noite passada, ouvi uma das piores heresias musicais da história. “Let it be” estragada pelos “Asas Livres”. Senti falta da inquisição e de suas fogueiras, mas voltei para realidade.

A Vingança Clássica

Com a Norah Jones ainda na mente, lembrei do dia em que fui um vizinho mal educado para educar outra. Morava num prédio e a vizinha adorava ouvir Lairton e seus teclados e o Cantor Apaixonado. O problema, além da altura do som e da falta de qualidade sonora, era o horário. Ela começava por volta das 7 da madrugada. Na época trabalhava em casa até as 2 ou 3 da manhã, o que torna compreensiva a minha incompreensão ante aquele ato ignominioso.

Um dia fui a forra. Coloquei minhas caixas de som na janela de frente pra ela. As “caixinhas” estavam  ligadas ao meu amplificador, ligadas ao meu computador.  Às 6:45h, antes dela, coloquei todo o meu repertório de música clássica e barroca em MP3 para tocar. Brahms, Verdi, Mozart, Tchaikovsky, Beethoven, Chopin, Vivaldi, Schubert, Bach, Ravel, desfilaram por 12 horas, em alto e bom som por todo o prédio e, principalmente, sobre os ouvidos da minha vizinha. Nos dias seguintes houve uma trégua e não mais ouvi o famigerado CD pelas minhas manhãs. A vingança não é o melhor meio de se conseguir as coisas, mas que foi bom mostrar a coitada que existe vida inteligente, fora da Piatã FM, ah isso foi…

Por tanto meus amigos, repito com o peito cheio de orgulho. Meu vizinho mal educado ouviu Norah Jones. Depois tocou Ivetão, mas aí, eu já estava no lucro.

Se você tem um vizinho assim, encaminhe esse texto para ele. Quem sabe ele lê, entre um Silvano Sales e o Fantasmão e abaixa um pouco o rádio. Não custa tentar.

Por Erick Cerqueira

Anúncios

2 comentários

  1. Com certeza. Tem gente que tem a coragem de dizer que Jazz não é música. E Norah Jones é mais que música, é uma linda mulher cantando.
    Abç’s.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s